terça-feira, 28 de julho de 2009

Central do Brasil

Cada ser desconhecido
no coletivo trem da Central do Brasil.
Cada qual com seu bem,
cada qual com seu mal.
Em cada olhar calejado
Apenas o silêncio...
como o silêncio
dos peixes...
que apenas observam...
guardam em seu interior:
o mar e nós: a vida!

Nenhum comentário: